© 2019 por Viva Produções.

CONEXÃO MATA ATLÂNTICA

O Projeto “Recuperação de Serviços de Clima e Biodiversidade no Corredor Sudeste da Mata Atlântica Brasileira” – Conexão Mata Atlântica tem o objetivo de aumentar a proteção da biodiversidade e da água e combater mudanças climáticas. Para isso, promove atividades de conservação da vegetação nativa, adoção de sistemas mais produtivos e melhoramento da gestão de unidades de conservação.

Financiado com recursos do Global Environment Facility – GEF (Convênio de Financiamento Não-Reembolsável nº GRT/FM-14550-BR), por meio do Banco Interamericano do Desenvolvimento – BID, tem como órgão executor dos recursos a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos – Finatec.

Os órgãos responsáveis pelas ações previstas são o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), além de órgãos ambientais e de pesquisa dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

No Estado de São Paulo, o responsável pela execução do Projeto é o Sistema Ambiental Paulista, por meio da Fundação Florestal e da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Suas ações estão orientadas por componentes, de acordo com objetivos específicos, e os chamamentos para participação da sociedade são feitos por meio de editais.

Veja Mais

O CONEXÃO MATA ATLÂNTICA em São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra

O presente subprojeto será realizado na Z.A. do PESM - NSV, municípios de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra, estado de São Paulo. Terá duração de 28 meses, não excedendo o prazo limite estabelecido pelo edital de 15 de dezembro de 2020.

Tem por objetivo apoiar a comunidade desta região, para desenvolver práticas agrícolas sustentáveis e integradas aos processos de organização e engajamento social local, para a geração de trabalho e renda, a permanência das pessoas no território e a conservação da Mata Atlântica. Para isso propomos:

  1. Criar e gerir uma estrutura de Governança, com base na gestão democrática e participativa, envolvendo os atores interessados – proponente, parceiros, lideranças e comunidade local – no processo de planejamento, articulação, implantação e avaliação ao longo do subprojeto.

  2. Mobilizar e sensibilizar lideranças, parceiros locais e produtores rurais da Z.A. do PESM-NSV para conhecimento, participação, adesão, planejamento e implantação do subprojeto "COMUNIDADES NA MATA".

  3. Realizar os diagnósticos das Unidades Produtivas participantes do projeto e elaborar planos de ação, visando o desenvolvimento de atividades econômicas sustentáveis e integradas no território.

  4. Implantar cadeias de valor sustentáveis e certificadas na Z.A. do PESM - NSV, por meio da formação em Agroecologia e de processos de organização social.

  5. Promover processos de avaliação participativos que contribuam para o controle social no desenvolvimento do projeto.

Fotos

Oficina de planejamento de Agro florestas

Produzir alimentos sem deixar de pensar na preservação ambiental! Esta equação, cada vez mais importante para a sobrevivência e qualidade de vida da humanidade, vem sendo discutida.

Notícias

LOGO-AKARUI.png