Oficina 09 – Horta e roça urbana

Maria Helena Moradei, agricultora biodinâmica e integrante da Associação Minhoca Parceiros Agroecológicos de São Luiz do Paraitinga, recebeu o grupo em sua casa para apresentar a biodiversidade de sua horta e de sua roça. Ela contou sobre os usos e as propriedades das PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). Os temperamentos humanos (colérico, melancólico, fleumático e sanguíneo) foram apresentados e colocados em prática no grupo, tendo sido criada uma linda espiral de temperos, com 24 espécies coletadas.

“Muito importante saber identificar o temperamento de cada pessoa. Esse conhecimento facilita a gestão de nossas relações pessoais e profissionais, pois é possível entender ações e reações para ser mais compreensivo consigo e com o outro”.

Professora Kátia Ballesteros

Baixar o relatório da Oficina 09

greendark.jpg

Conceitos Antroposoficos

Temperamentos

O modelo dos quatro temperamentos já existe há muito tempo. Suas origens remontam ao antigo Egito ou a Mesopotâmia, mas foi formalizado apenas por volta de 400 a.C., quando antigos médicos gregos o associaram à teoria dos quatro elementos: Terra, Água, Ar e Fogo.

O arquétipo dos Quatro Humores, ligado aos Quatro Temperamentos e aos Quatro Elementos, tem resistido ao tempo. O modelo dos Quatro Temperamentos (Sanguíneo, Colérico, Melancólico e Fleumático) continua a se provar útil em diversos contextos, incluindo à escola.

A palavra temperamento nos dá a ideia do seu significado: Tempero. algo que dá sabor. 

Os Quatro Temperamentos podem ser muito úteis para nos ajudar a entender sobre nós mesmos e uns aos outros. Ele também nos ajuda a valorizar, celebrar e fazer uso dos dons que temos e dos dons das pessoas com quem trabalhamos.

Segue uma síntese dos 4 temperamentos.

  • Melancólico. Cautelosas, sérias, críticas e sensíveis, as pessoas com temperamento do elemento terra podem ser excessivamente críticas sobre si mesmas e sobre os outros

  • Colérico. Pessoas com temperamento do fogo muitas vezes se comportam de maneira ardente. Apaixonadas, fortes, rápidas tanto para sentirem raiva como para perdoarem, muitas vezes anseiam por assumir posições de liderança.

  • Fleumático. Pessoas com temperamento do elemento água são calmas, relaxadas, descontraídas, fáceis de lidar e pacientes – talvez até mesmo um pouco lentas em relação às outras.

  • Sanguíneo. Alegres, positivas, falantes e otimistas, as pessoas com temperamento do elemento ar amam fazer malabarismos com as tarefas que tem nas mãos, mas, às vezes, deixam a bola cair.

Fonte: Guia Pés Descalços - Coletivo Pés Descalços 2009